Farmacêuticos no Bem Estar Global de Rondônia


Acaba de ser confirmada a participação dos farmacêuticos na segunda edição do Projeto Bem Estar Global, do programa Bem Estar. Será em Porto Velho, Rondônia, no dia 20 de abril, das 8 às 13 horas, no Espaço Alternativo.

Nesta terça e quarta-feira, 20 e 21 de março, a responsável técnica pelo projeto no Conselho Federal de Farmácia, Josélia Frade, reuniu-se, na capital rondoniense, com a equipe designada pelo presidente do CRF-RO, João Dias, e com a conselheira federal de Farmácia pelo Estado, Lérida Vieira, para planejar o trabalho.

Durante a visita foram feitas as primeiras tratativas para garantir a continuidade do atendimento prestado na tenda da Farmácia. Pacientes que necessitarem de atendimento de emergência, diagnóstico ou ajustes na farmacoterapia serão recebidos pelas unidades de pronto atendimento e de saúde da rede municipal. O apoio foi garantido pelo secretário municipal da Saúde de Porto Velho, Orlando Ramires, e seu adjunto, Marcus Vinícius.

Pacientes com pé diabético e feridas serão encaminhados ao Hospital Santa Marcelina, conforme pactuado com a Irmã Lina Ambiel, diretora do hospital. A instituição também está avaliando a possibilidade de contribuir com os farmacêuticos na doação de plantas medicinais para serem distribuídas ao público. Está sendo avaliada ainda a possibilidade de um farmacêutico do hospital com experiência em fitoterapia participar da ação.

Os farmacêuticos vão atuar no combate às morbidades relacionadas à medicamento (MRM). Serão prestados serviços como medida de pressão arterial, teste de glicemia e de colesterol capilar, teste de pico de fluxo (peak flow) para pacientes com asma, orientação sobre posologia, aplicação correta de insulina e uso correto de dispositivos inalatórios e outras formas farmacêuticas que exijam cuidados especiais na administração.

Além da Fitoterapia, também está na pauta de atividades das Práticas integrativas o atendimento de auriculoterapia, técnica da medicina tradicional chinesa para promover bem-estar e melhorias na qualidade de vida.

E, para incentivar o descarte correto de medicamentos, os conselhos de Farmácia estão em articulação pela instalação, na tenda, de um coletor de medicamentos vencidos e sobras.

Está difícil transmitir pro SNGPC?

Comece agora a transmitir sua dispensação de medicamentos controlados com mais facilidade, segurança e rapidez através do SNGPC One!

← Post anterior

Post seguinte →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *